Blog

 
 

Oficina de apresentação de radiojornal

0

O vozeirão dos locutores de antigamente quase não existe no rádio de hoje. A dicção clara e a voz agradável continuam sendo valorizadas, porém, o conteúdo da informação é mais importante do que a embalagem, a forma. Em programas jornalísticos, locutores tradicionais perdem espaço para apresentadores (radialistas ou jornalistas) que relatam as notícias de modo espontâneo, coloquial, conversando com o ouvinte.

O  rádio, por todas as transformações que passou, teve de se adaptar e ficar mais próximo das pessoas. E é na hora da transmissão de notícias que o apresentador bem preparado se diferencia e conquista o público, ao facilitar o entendimento da mensagem. Conhecimento do assunto, espontaneidade, capacidade de improviso e até uma dose de humor são características exigidas  dos profissionais que trabalham no microfone. Nas emissoras que investem  em Radiojornalismo, o  apresentador/âncora, diferentemente do locutor, também escreve,  comenta e analisa as notícias, além de realizar entrevistas ao vivo.

Em parceria com as Oficinas Imprensa, vou compartilhar minha experiência com estudantes de Comunicação e profissionais interessados, no dia 26 de setembro. Acesse o link e garanta sua vaga!

Deixe um Comentário